Os dispositivos vestíveis trazem para o operador mais praticidade nas operações

Entenda como ter mais produtividade com dispositivos vestíveis da Zebra

A tecnologia progride para acompanhar as mudanças e necessidades modernas ou novas necessidades surgem advindas das inovações tecnológicas?

Nos últimos dois anos, vimos o comportamento da sociedade se alterar bruscamente com o avanço da pandemia e assim surgirem diferentes necessidades, tendências e tecnologias. 

A busca por automação comercial aumentou acompanhando o crescimento do varejo e do e-commerce.

As grandes e médias empresas, que já eram consumidoras de tecnologia, seguiram com os projetos de expansão e atualização de parques, enquanto as pequenas empresas foram impulsionadas a procurar soluções para atender a nova e crescente demanda.

A mudança no centro logístico

O aumento repentino do volume de pedidos somado às novas modalidades de entrega (Drive-thru, retirada em loja física ou em terceiros, entrega express e logística reversa) aumentou a complexidade dos armazéns, transformando em ineficazes as operações que eram realizadas anteriormente. 

O consumidor se tornou mais exigente com o prazo de entrega e não atender esse quesito se transformou em ponto crucial para ruptura de compra. Flexibilidade e agilidade passaram a protagonizar a tomada de decisão entre uma empresa e outra.

Por isso, as empresas passaram a olhar com cuidado cada etapa do processo logístico (entrada do pedido, separação, entrega e logística reversa). O desafio era tornar a cadeia de operações mais rápida e eficiente, controlando todos os processos.

 A busca por produtividade nas operações logísticas

Para cumprir esse desafio, os grandes players buscaram por ferramentas confortáveis, para aumentar a comodidade em jornadas intensas de trabalho. Robustas, para suportar diversos usos em turnos diferentes. E intuitivas, para reduzir gastos com treinamentos.

Para atender essa necessidade do setor logístico chegou-se à conclusão de que o equipamento poderia ser  uma ‘possível’ extensão do corpo do colaborador. E com isso as soluções de ”mão livres’’ se tornaram uma ótima opção para o segmento.

Os equipamentos vestíveis começaram a ser testados em operações variadas. A quantidade de processos diferentes que o colaborador fazia começou a ser reduzida e os erros minimizados, além de maior satisfação para quem realizava a atividade.

Uma pesquisa interna da Zebra Technologies sobre fluxo de trabalho, mostrou um aumento de 30% na produtividade e 50% de redução no esforço muscular com o uso de Soluções de Mão Livres. Gerando a satisfação de funcionários e empresários.

Conheça os dispositivos vestíveis da Zebra

A Zebra, principal fabricante de equipamentos de AIDC, possui a linha de equipamentos vestíveis mais completa do mercado.

TC21 – Com opcional de suporte de pulso ou cinto.

Dispositivos vestíveis dão mais segurança no manuseio de produtos

Dispositivos vestíveis dão mais segurança no manuseio de produtos

O TC21 possui tela de 5 polegadas e um processador poderoso Octa-core, pronto para qualquer tipo de aplicação. Ele possui Android 11 podendo chegar até o 14. Além de ter a capacidade até 4GB de RAM e 64GB de Flash e IP67

Para uma solução mais completa, você pode adicionar o leitor de dedo bluetooth RS51, resultando em agilidade em todo o processo

TC52 – Com opção de suporte de pulso ou cinto

O TC52 possui tela de 5 polegadas, um poderoso processador octa-core com 2.4GHz, Android 11 com possibilidade de atualização até o 14 e IP 68.

Com o coletor no pulso, o operador tem praticidade em operações cotidianas

Com o coletor no pulso, o operador tem praticidade em operações cotidianas

Outra característica deste coletor é a compatibilidade com os óculos de realidade aumentada, o HD4000, gerando ainda mais eficiência no processo. Com o HD4000 você coloca a tela do coletor na área de visão do funcionário proporcionando mais rapidez na visualização dos processos a serem executados.

WT6000

Integre o coletor de dados com um leitor de mão para alcançar mais produtividade

Integre o coletor de dados com um leitor de mão para alcançar mais produtividade

o WT6000 conta com display de 3.2 polegadas, poderoso processador octa-core e opcional de ter um teclado físico. Também é compatível com  o leitor RS5100 bluetooth e o óculos HD4000.

Com o óculos, o operador consegue visualizar a tela do coletor

Com o óculos, o operador consegue visualizar a tela do coletor

A Prime é parceira de longuíssima data da Zebra, por isso temos a maior disponibilidade de dispositivos da marca no mercado. Oferecemos toda assistência técnica e vendas com nossa equipe especializada em Zebra.

Se sua empresa quer uma inovação que traga resultados reais no aumento de produtividade e eficiência na cadeia logística, ela precisa dos dispositivos vestíveis da Zebra. Entre em contato com nosso time de vendas para saber mais.